5 de setembro de 2017

INSS: Após descoberta de fraude benefícios são suspensos

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (5) a operação Fantôme, que investiga crimes previdenciários. Estão sendo cumpridos mandados em Teresina e em cinco cidades maranhenses: Codó, Timbiras, Coroatá, Presidente Dutra e São Luís. 
As investigações foram iniciadas no ano de 2012 e levaram à identificação de um esquema criminoso no qual eram falsificados documentos públicos para fins de concessão de benefícios de Amparo Social ao Idoso a pessoas fictícias, além do recebimento indevido de benefícios previdenciários após o falecimento do titular.
Segundo a assessoria da PF, a organização criminosa contava com um funcionário de uma instituição bancária em Timbiras/MA e outro da agência dos Correios em Codó/MA, responsáveis pela abertura de contas correntes, realização da prova de vida e renovação de senha bancária. Fazia parte, ainda, um servidor do INSS, atualmente aposentado, além de intermediários e agenciadores.
 
Mandados 
Foram cumpridos 14 mandados judiciais, sendo 2 de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão, além do sequestro de bens imóveis e de veículos em poder dos principais investigados. 
Dentre os mandados judiciais consta, ainda, a determinação para que o INSS suspenda o pagamento de 109 benefícios, submetendo-os a procedimento de auditoria. 
 
Prejuízos
O prejuízo calculado inicialmente é de aproximadamente R$ 10,2 milhões. O prejuízo anual, a ser evitado com a suspensão dos benefícios, gira em torno de R$ 1,2 milhão. Os investigados presos serão indiciados pelos crimes de estelionato previdenciário, organização criminosa e lavagem de capitais.
A operação é resultado de uma força-tarefa integrada pela PF, Secretaria de Previdência e Ministério Público Federal. A Operação contou com a participação de 50 policiais federais e de 2 servidores da área de Inteligência Previdenciária, a Assessoria de Pesquisa Estratégica e Gerenciamento de Riscos (APEGR).
O nome Fantôme, na tradução da língua francesa, significa fantasma, em alusão ao esquema criminoso cujo modus operandi seria a utilização de pessoas fictícias, criadas apenas para que o verdadeiro autor não aparecesse nas operações fraudulentas.
*Com informações da Polícia Federal

Delação de Joesley Batista abala STF


 
O áudio de quatro horas entregue por delatores da JBS à Procuradoria Geral da República, e que segundo Rodrigo Janot, chefe da PGR, contém fatos "gravíssimos" envolvendo um procurador da República e o Supremo Tribunal Federal, deixariam em situação constrangedora quatro ministros da Corte.
 
A informação é de uma fonte cuja identidade não foi revelada e que teve "acesso ao áudio", segundo
reportagem do site da revista Veja. A conversa de quatro horas entre Joesley Batista e Ricardo Saud "traz menções comprometedoras a quatro ministros do Supremo Tribunal Federal", diz a reportagem.
 

Os ministros são citados em situações que denotam "diferentes níveis de gravidade", ainda de acordo com a fonte. Algumas seriam consideradas banais, mas "ruins" para a imagem dos ministros. Uma delas se destaca por enredar um dos onze ministros da corte em um episódio que parece "mais comprometedor".

Janot submeteu o áudio ao Supremo, que decidirá se ele deverá ou não se tornar público. A decisão caberá ao ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato na Corte. A expectativa é que a decisão saia nesta terça-feira 4.

Do Brasil 247

9 de agosto de 2017

José Moreira morre em Goiânia

Publicitário foi um dos pioneiros da comunicação em Imperatriz; em 1975 (25 de dezembro), entrava no ar a primeira emissora de tv da cidade e a primeira do interior do Maranhão, a TV Imperatriz
Raimundo Primeiro Em razão de complicações pós cirurgia no coração, morreu, em Goiânia (GO), na quarta-feira (9), o publicitário José Moreira. Moreirinha, como era mais conhecido, foi um dos responsáveis pela implantação do sistema de comunicação em Imperatriz. José Moreira também foi apresentador de telejornal. Atuou na TV Karajás. Na época, portanto, um multimídia. O eletrotécnico Francisco Ramos, trouxe para a cidade, fruto de árduo trabalho, o sinal de televisão. Assim, os imperatrizenses tiveram acesso a um dos mais importantes meios de informação e entretenimento da história: a televisão. Eles contaram com a colaboração de mais uma pessoa: Osvaldo Nascimento integrou a equipe que conseguiu fazer com que os imperatrizenses assistissem programações da Rede Globo (Rio de Janeiro) e da TV Tupi (São Paulo). Os programas vinham via fitas VHS. Só o “Jornal Nacional” era transmitido por satélite. Portanto, um trabalho de fôlego, de pioneirismo, de desbravadores. As adversidades foram enormes, principalmente a falta de conexão com os grandes centros, diante da distância e das condições inacessíveis das estradas, que, à época, dificultavam a logística, fazendo demorar a vinda dos equipamentos que culminariam com a implantação do sistema de televisão na principal cidade do interior maranhense. Imperatriz aflorava potencial no âmbito da comunicação televisiva. Moreirinha ajudou Ramos a instalar a TV Tropical, criada em 1978, por meio de uma sociedade firmada com o empresário Raimundo Cabeludo, hoje proprietário do Sistema Nativa de Comunicação, formado pela Rádio Nativa FM (99,5) e pela TV Nativa, Canal 13, afilada da Record TV, e Antônio Rodrigues de Byma Junior, mais conhecido por Bayma Jr, ex-interventor estadual na Prefeitura de Imperatriz, em 1973, em razão da cassação do mandato do prefeito José do Espírito Santos Xavier. Muitos profissionais da comunicação imperatrizense começaram por meio do incentivo de Moreirinha, entre os quais Jussara Cerqueira, hoje apresentadora do “É Demais”, na TV Difusora, SBT, Canal 7, que também teve incursão pelo colunismo social. O jornalista Sérgio Macedo, atual secretário de Comunicação da Prefeitura de Imperatriz (PMI), foi diretor de Jornalismo da TV Tropical, localizada na avenida Dorgival Pinheiro, Centro, nos altos do prédio da Eletrônica Ramos, cujo proprietário era Francisco Ramos, o timoneiro da comunicação na terra do Frei. Segunda emissora a entrar no ar em Imperatriz na condição de retransmissora da Band, três anos após a TV Imperatriz, atual TV Mirante (no ar, desde 1992), afiliada da Rede Globo, Canal 10, a TV Tropical, desde 1992, pertence ao empresário e político Francisco Pereira Lima, mais conhecido por “Chico do Rádio”, ex-prefeito de Davinópolis, hoje denominada de TV Chico do Rádio Comunicação (CRC), Canal 4, localizada na avenida Bernardo Sayão, bairro Nova Imperatriz. Informação – Divulgada no princípio da tarde da quarta-feira (9), a notícia da morte de José Moreira repercutiu rapidamente. Mensagens de jornalistas, amigos, enfim, de ex-colegas de trabalho, foram postadas nas redes sociais, principalmente no facebook.

3 de agosto de 2017

IFMA prorroga inscrições para cursos a distancia

Há 100 vagas para o município de Imperatriz, distribuídas entres os cursos Técnico em Hospedagem e Técnico em Lazer. As vagas são ofertadas pelo Instituto Federal do Maranhão (IFMA) para estudantes matriculados no 1º ou 2º anos do ensino médio da rede pública estadual, com idade entre 15 e 19 anos. As vagas serão preenchidas pela ordem de inscrição até atingir o quantitativo de vagas disponíveis, com base na análise do perfil do estudante, sem realização de provas. Em todo o estado são oferecidas4.500 vagas.


De acordo com o gestor de Programas Especiais do Centro de Referências em Tecnologias do IFMA, Valdir Mariano de Souza, o novo prazo foi definido pela Secretaria Estadual de Educação, órgão responsável pela pré-matrícula. “Essa foi a forma que a secretaria encontrou de ampliar as oportunidades aos estudantes”, explicou. “Com a nova data, os alunos da rede estadual já terão retornado das férias escolares e haverá melhores condições de divulgação dos cursos nas unidades”, completou.


Inscrições

As inscrições são feitas exclusivamente pela internet, nos sites da Secretaria Estadual de Educação (http://www.educacao.ma.gov.br/) ou no do IFMA (www.ifma.edu.br).

Os estudantes devem se inscrever em uma única opção de curso e utilizar o código SIAEP, que todo aluno da rede pública possui. Também deve ter o seu registro de CPF. Após a seleção efetuada pela Secretaria Estadual de Educação, os estudantes pré-matriculados receberão uma carta de encaminhamento (documento a ser emitido pelo Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica – Sistec), via e-mail, na qual constarão os prazos e as informações para a confirmação de sua matrícula. Eles devem ficar atento à chamada para comparecerem ao Campus IFMA Imperatriz e apresentarem a documentação exigida, como carteira de identidade, certidão de nascimento, histórico do ensino fundamental, CPF e comprovante de residência.

Cursos

Os cursos são ofertados no âmbito do Programa MedioTecEaD do Ministério da Educação – uma ação do Pronatec que ocorre paralelamente à reforma do ensino médio e que tem, entre seus propósitos, a formação técnica e profissional como mais uma alternativa para o jovem.

Eles foram definidos pelo Ministério da Educação (MEC) e tem como base um mapeamento de empregabilidade a longo prazo efetuado por outros ministérios. Segundo o MEC, foram consideradas as características e potencialidades dos mercados locais em todo o país.

As aulas têm previsão para se iniciar em 14 de agosto. Os cursos têm carga horária de 800 horas e previsão de conclusão em um ano e meio. Os cursos terão oitenta por cento da carga horária realizada a distância e 20% na forma presencial.  O estudante receberá duas diplomações, mas somente receberá o diploma o ensino técnico após a conclusão do ensino médio.





O preço da defesa de Temer


O portal The Intercept Brasil disponibilizou gráfico com os valores que cada deputado federal recebeu entre os meses de junho e julho e o voto na sessão de ontem (2), em que a Câmara Federal decidiu  arquivar a denúncia de corrupção passiva contra o presidente Michel Temer (PMDB).

Por 263 votos a 227, foi negada a autorização para que o Supremo Tribunal Federal pudesse avaliar a denúncia contra Temer feita pela Procuradoria-Geral da República.

Dos 18 parlamentares do Maranhão, 11 votaram a favor do arquivamento, a maioria ligada ao grupo Sarney, apenas 7 votaram contra o arquivamento.

Veja o valor do voto de cada deputado maranhense em favor de Temer:

André Fufuca -PP / R$ 23,487.20 / a favor de Temer

Cleber Verde -PRB / R$ 511,730.20 / a favor de Temer

Hildo Rocha -PMDB / R$ 1,103,566.38 / a favor de Temer

João Marcelo –PMDB / R$ 251,585.59 / a favor de Temer

José Reinaldo –PSB / R$ 10,553.96 / a favor de Temer

José Sarney Filho –PV / estava licenciado do cargo / a favor de Temer

Junior Marreca -PEN / R$ 631,324.05 / a favor de Temer

Pedro Fernandes – PTB/ R$ 708,372.11/ a favor de Temer

Os números dos deputados Aluísio Mendes, Victor Mendes e Juscelino Filho não foram disponibilizados. 
 
Veja abaixo como votaram os 18 deputados do Maranhão.
 
Na tabela abaixo o voto sim (identificado na cor verde)  foi pelo prosseguimento da investigação e para que Temer seja julgado pelo Supremo. O voto não (identificado em vermelho) foi em defesa de Temer e para evitar que o processo chegasse ao Supremo.
 

 

2 de agosto de 2017

Operação da PF para combater fraude chega ao Maranhão e clinica de Imperatriz é investigada



A Polícia Federal (PF) desarticulou hoje (2) uma organização criminosa que contrabandeava equipamentos de diagnóstico médico por meio Aduana de Controle Integrado (ACI) em Dionísio Cerqueira (SC). Estima-se que, apenas em tributos diretos, a sonegação pode chegar a R$ 20 milhões.
A investigação, que deu origem à Operação Equipos, iniciou a partir da apreensão de carga de equipamentos médicos na ACI, em outubro de 2013. Na ocasião, foram apreendidos tomógrafos, mamógrafos e outros equipamentos de alto valor comercial, em uma carga avaliada em aproximadamente R$ 3 milhões, sendo R$ 2 milhões os tributos sonegados. Na documentação constava descrição genérica da mercadoria e valor declarado de US$ 180 mil (apenas 10% do valor real).
Durante o inquérito policial, verificou-se que, entre 2011 e 2015, o grupo criminoso importou de forma irregular ao Brasil outras 12 cargas de equipamentos médicos, remetidas dos Estados Unidos, via trânsito aduaneiro por meio do Chile e da Argentina. Após a liberação pelas autoridades argentinas, as cargas desapareciam. Porém, notas fiscais emitidas pelo grupo comprovam que tais equipamentos ingressaram no Brasil e foram revendidos para clínicas, hospitais e intermediários de diversas regiões do país.
Após a apreensão da carga em outubro de 2013, o grupo passou a registrar as importações de equipamentos médicos no Sistema Integrado de Comércio Exterior (Siscomex), porém, como equipamentos tipográficos e com declaração subfaturada de apenas 10% do valor real, o que permitiu obter isenção dos impostos de importação e do IPI, além da redução de outros tributos, causando prejuízos milionários à União. A descrição incorreta da mercadoria também liberava o grupo da necessidade de Licença Prévia de importação e de fiscalização pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária.
A PF investiga empresários e pessoas jurídicas do ramo de exportação e importação, revendedores, clínicas, hospitais, despachante aduaneiro, além de um doleiro responsável pelo repasse de recursos ilícitos ao grupo. Também é apontado como integrante do grupo um servidor da Receita Federal em Dionísio Cerqueira, que teria recebido dinheiro para facilitar a ação da quadrilha. Os principais integrantes do grupo criminoso também foram investigados na Operação Shylock, desencadeada em setembro de 2015, e respondem a ação penal perante a Justiça Federal.
Estão sendo cumpridos 62 mandados de busca e apreensão e 19 de condução coercitiva em 44 municípios de 19 Estados da Federação (SC, AL, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MS, MG, PA, PB, PR, PI, RJ, RS, RO, SP, SE), além de um interrogatório em Fort Myers, na Flórida, Estados Unidos, com o apoio de autoridades americanas.
Os envolvidos serão indiciados por corrupção ativa e passiva, associação criminosa, contrabando, facilitação ao contrabando e falsidade ideológica.

Da Agência Brasil
Edição: Valéria Aguiar

1 de agosto de 2017

Dom Vilsom Basso preside celebração que encerrou o Rota 300


O bispo de Imperatriz Dom Vilsom Basso, presidiu no sábado,29 a missa que marcou o encerramento do Projeto Rota 300. O projeto lembrou os 300 anos de aparecimento da imagem da padroeira do Brasil.
Milhares de jovens de todos o paós participaram da missa no Santuário de Aparecida. Desde 2015 a imagem peregrina percorre o país, levada a cada diocese.
Em uma celebração transmitida ao vivo para todo país, Dom Vilsom que na CNBB é presidente da Comissão Episcopal para a Juventude, pediu aos jovens que mantenham o ardor missionário.
Durante a celebração foi lida uma carta do Papa Francisco enviada aos jovens brasileiros por ocasião do encerramento do projeto Rota 300.
No texto, o papa diz que Maria é um sinal de esperança e que conhece os desafios vividos pelos jovens. Além disso, o papa estimula a juventude a seguir com o espírito missionário.
Leia abaixo a ca\rta do Papa Francisco
“Caros amigos, em meio às incertezas e inseguranças de cada dia, em meio à precariedade que as situações de injustiça criam ao redor de vocês, tenham uma certeza: Maria é um sinal de esperança que lhes animará com um grande impulso missionário. Ela conhece os desafios em que vocês vivem. Com sua atenção e acompanhamento maternos, lhes fará perceber que não estão sozinhos”.
Leia a carta na íntegra:
Queridos jovens,
Saúdo afetuosamente a vocês, jovens do Brasil, reunidos em Aparecida para o encerramento do Projeto “Rota 300”, nesse Ano Mariano que comemora os 300 anos do achado da imagem de Nossa Senhora nas águas do Rio Paraíba do Sul.
Para tal ocasião, gostaria de ressaltar um aspecto da Mensagem que lhes escrevi este ano, para a XXXII Jornada Mundial da Juventude: a Virgem Maria é um precioso exemplo para a juventude e um auxílio na caminhada pela estrada da vida. Para que vocês possam perceber esta verdade, não são necessárias grandes reflexões; basta contemplar a imagem da Mãe Aparecida, durante a peregrinação que farão ao seu Santuário Nacional. Eu mesmo fiz essa experiência, quando aí estive em 2007, por ocasião da V Conferência do Episcopado Latino-americano e, depois em 2013, durante a JMJ no Rio de Janeiro.
Pude ali descobrir no olhar terno e maternal da Virgem morena e nos olhos da gente simples que a contemplava, o segredo da esperança que move o povo brasileiro a enfrentar com fé e coragem os desafios de cada dia. Pude também contemplar a força revolucionária de uma Mãe carinhosa que move o coração de seus filhos a saírem de si mesmos com grande ímpeto missionário, como aliás vocês fizeram durante a semana missionária, que acabam de concluir no Vale do Paraíba. Parabéns por este testemunho!
Caros amigos, em meio às incertezas e inseguranças de cada dia, em meio à precariedade que as situações de injustiça criam ao redor de vocês, tenham uma certeza: Maria é um sinal de esperança que lhes animará com um grande impulso missionário. Ela conhece os desafios em que vocês vivem. Com sua atenção e acompanhamento maternos, lhes fará perceber que não estão sozinhos. Nesse sentido, vale a pena recordar a história daqueles pescadores pobres, que depois de uma pesca sem grandes resultados, no rio Paraíba do Sul, lançaram mais uma vez as suas redes e foram surpreendidos com uma imagem partida de Nossa Senhora, coberta de lama. Primeiro acharam o corpo, logo em seguida a cabeça. Como comentei aos Bispos brasileiros em 2013, o fato traz em si um simbolismo muito significativo: aquilo que estava dividido, volta à unidade, como o coração daqueles pescadores, como o próprio Brasil colonial, dividido pela escravidão, que encontra sua unidade na fé que aquela imagem negra de Nossa Senhora inspirava (cf. Discurso aos Bispos do Brasil, 27/7/2013). Por isso, convido a que vocês também deixem que seus corações sejam transformados pelo encontro com Nossa Mãe Aparecida. Que Ela transforme as “redes” da vida de vocês – redes de amigos, redes socias, redes materiais e virtuais -, realidades que tantas vezes se encontram dividas, em algo mais significativo: que se convertam numa comunidade! Comunidades missionárias “em saída”! Comunidades que são luz e fermento de uma sociedade mais justa e fraterna.
Assim integrados nas suas comunidades, não tenham medo de arriscar-se e comprometer-se na construção de uma nova sociedade, permeando com a força do Evangelho os ambientes sociais, políticos, econômicos e universitários! Não tenham medo de lutar contra a corrupção e não se deixem seduzir por ela! Confiantes no Senhor, cuja presença é fonte de vida em abundância, e sob o manto de Maria, vocês podem redescobrir a criatividade e a força para serem protagonistas de una cultura de aliança e assim gerar novos paradigmas que venham a pautar a vida do Brasil (cf. Mensagem à Assembleia do CELAM, 8/5/2017).
Possa o Senhor, pela intercessão da Virgem Aparecida, renovar em cada um de vocês a esperança e o espírito missionário. Vocês são a esperança do Brasil e do mundo. E a novidade, da qual vocês são portadores, já começa a construir-se hoje. Que Nossa Senhora, que em sua juventude soube abraçar com coragem o chamado de Deus em sua vida e sair ao encontro dos mais necessitados, possa ir na frente de vocês, guiando-lhes em todos os seus caminhos! E para tal, lhes envio a cada um, extensiva aos seus familiares e amigos, a Bênção Apostólica, pedindo que, por favor, não deixem de rezar também por mim.
Com informações da CNBB